Mulheres nas Motos: Capacete é item indispensável

Mulheres nas Motos: Capacete é item indispensável

Mulheres nas Motos: Capacete é item indispensável

Moto também é veículo de mulher. Segundo dados da Associação Brasileira de Fabricantes de Motocicletas, Ciclomotores, Motonetas, Bicicletas e Similares (Abraciclo), elas já são 25% do mercado consumidor. Por isso, o Dicas Auto/RE começa uma série especial que vai discutir a segurança nas motos para as mulheres, começando com o capacete.

Aumento nas estatísticas

De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o número de habilitações de mulheres na categoria A tem aumentado. Em 2008, elas eram mais de 2,5 milhões e, três anos depois, em 2011, elas atingiram 3,6 milhões de Carteiras Nacionais de Habilitação (CNH) para motos.

Entretanto, esse aumento também aconteceu com o número de mortes no trânsito. O Sistema de Informações de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde (MS) revela que, de 1996 a 2010, a quantidade de vítimas fatais do sexo feminino em acidentes com motocicletas cresceu 16 vezes, enquanto o número de homens que morreram nesses acidentes aumentou 13 vezes no mesmo período.

O capacete é um item que não pode faltar para qualquer pessoa que possui uma moto. “Está comprovado que a maior incidência de pancadas em um acidente de moto ocorre na cabeça, logo, o capacete é um item indispensável em termos de segurança, pois tem a função de proteger uma das partes mais vitais do corpo, evitando traumatismos e outras lesões”, explica o diretor de uma empresa de moto peças, Marlon Bonilha.

Tipos de capacete

Não faltam jeitos para escolher o melhor equipamento de segurança. Muitos capacetes são feitos especialmente para o público feminino, com opções de cores e grafismos diferentes dos encontrados para homens. Entretanto, é importante lembrar que o modelo fechado, que protege também o maxilar, é o mais indicado, garantindo maior segurança graças a sua estrutura e resistência.

Nos locais de muito calor, Bonilha destaca que o capacete aberto, com boa parte do rosto exposto, é muito utilizado, desde que acompanhado de óculos de proteção. Há também o modelo híbrido, que tem a opção de deslocar a parte frontal, do queixo, para que ele fique parecido com a versão aberta.

Antes de comprar

Na hora de escolher o equipamento deve-se prová-lo para conferir se a medida está correta. Além disso, a compradora deve olhar a qualidade da viseira e se ela permite a máxima visão. “Também é importante olhar a data de fabricação e a validade indicada pelo fabricante, além do selo de certificação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro)”, destaca o diretor.

O capacete deve ser trocado em caso de queda, pois podem ocorrer danos internos que a motociclista não percebe. Ele também deve ser substituído após três anos da data de fabricação, pois com o uso contínuo ele sofre alterações, como na altura das espumas que compõem o forro interno.

Bradesco Seguros

A vida é um grande espetáculo e para protagoniza-lo com dignidade precisamos nos sentir protegidos. E esta proteção começa individualmente, passando pela nossa própria vida, nossa saúde, nosso futuro, nossa família e nosso patrimônio para que possamos viver intensamente cada ciclo da vida. Por isso, a proteção passa a ser a grande necessidade das pessoas neste século, marcado por acontecimentos imprevisíveis.  E proteger as pessoas e seus patrimônios é justamente a missão da maior seguradora do Brasil: a Bradesco Seguros.

Fundada há 78 anos, e atenta a diversas necessidades, atua nos ramos de Automóveis, Ramos Elementares, Seguro Saúde, Capitalização, Seguros de Vida e Previdência Complementar.

Ao longo de sua história a Bradesco Seguros, vem trilhando uma trajetória marcada por um sólido crescimento e pleno sucesso. Com uma ampla estrutura de proteção em todo o território nacional, oferece a seus quase 42 milhões de clientes uma moderna estrutura de atendimento por meio de suas Centrais de Atendimento Telefônico, Internet, 374 dependências próprias e 42 mil corretores ativos, além de contar com a rede de mais de 4,6 mil agências do Banco Bradesco.

A Bradesco Seguros também foi pioneira em seu segmento na implantação de uma Ouvidoria de Clientes. Um canal de comunicação, com o objetivo de solucionar eventuais problemas de atendimento. Uma estrutura que funciona dentro dos mais rigorosos padrões de qualidade.

Diferenciais que consolidam cada vez mais a marca do Grupo Bradesco de Seguros no mercado brasileiro.

Uma marca construída a partir do resultado de suas quatro seguradoras.

Sobre o Autor

LuzeAzevedo administrator

error: Content is protected !!