Arquivo de tag maresia

Maresia pode afetar a lataria e a mecânica do seu carro

Maresia pode afetar a lataria e a mecânica do seu carro

Enfrentar o tráfego pode parecer um desafio nesta época do ano, mas muitos se aventuram em troca de uns dias na praia para relaxar. De acordo com a Ecovias, 519 mil carros desceram a Anchietas/Imigrantes para passar o Réveillon no litoral sul neste final de ano. Em um fim de semana comum de verão, este número cai para uma média de 100 a 160 mil, o que ainda é um volume muito alto se comparado ao inverno (cerca de 70 a 100 mil carros por fim de semana). A praia pode fazer muito bem para o seu estado de espírito, no entanto a maresia pode causar um mal enorme ao seu veículo, caso não haja os cuidados necessários.

É fundamental lavar o carro após expô-lo à maresia (Foto: Olívia Caires)

Segundo Paulo Sergio do Nascimento Ferreira, dono da Pontual Reparação Automotiva, em Santos (SP), a água salgada do mar pode danificar a lataria do veículo. “Uma única vez que o motorista dirija na areia da praia já é suficiente para enferrujar algumas partes do carro”, garante Ferreira. A parte inferior do automóvel pode ser prejudicada sem que o proprietário perceba. “A maresia corrói a suspensão, o estabilizador e todas as partes que têm ferro. Além disso, faz com que o escapamento apodreça e também provoca danos ao amortecedor do carro”, alerta ele.

Parece não ser uma boa ideia passear com o automóvel na areia da praia. Mas, ainda que o motorista trafegue pela via normal, o carro pode ser prejudicado. Além da aparência enferrujada, os danos que a maresia pode causar ao veículo podem colocar o proprietário e outros motoristas em risco. Em casos extremos, de acordo com Ferreira, as longarinas dianteiras, que compõem a sustentação do câmbio e motor, podem apodrecer. O especialista garante que, geralmente, isso acontece em carros mais antigos. Caso isso aconteça, ao passar por um buraco ou lombada, o motor pode ceder e travar. O pneu pode também estourar devido ao travamento da roda, já que esta fica impossibilitada de agir normalmente.

Acidentes como esses podem ser evitados e o enferrujamento da lataria do carro ao passar pela praia também. De acordo com Ferreira, os automóveis novos têm uma proteção especial. “Os veículos fabricados de dez anos para cá possuem um emborrachamento na parte inferior, região que está mais propícia à corrosão causada pela maresia.”

Mesmo que seja novo, é essencial que se lave o carro assim que voltar da praia para remover o sal. Para quem mora no litoral, é importante que o proprietário lave o automóvel pelo menos uma vez por semana, de acordo com Ferreira. “Se o motorista puder encerar o veículo mensalmente, evita que haja danos causados pela maresia na lataria. A cera penetra diretamente na pintura, criando uma película protetora que previne o enferrujamento. Ele pode fazer isso em casa, usando algodão e se certificando que o automóvel esteja em lugar coberto e fresco”, orienta.

Para quem quer proteção a longo prazo, o ideal é fazer polimento e cristalização anualmente. O trabalho custa em média R$250 por carro popular e tem duração de até um ano. Fazendo a cristalização, o motorista só precisa lavar o veículo com água e assim conseguirá mantê-lo limpo. Portanto, ir com o carro brilhando para o litoral pode salvá-lo de alguns danos.

Fonte: Zap carros

Saiba evitar os danos que a maresia pode causar no seu carro

Saiba evitar os danos que a maresia pode causar no seu carro,. Poucas sensações podem ser tão boas quanto tirar férias de verão e viajar para a praia de carro com os amigos ou família. Porém, para que a viagem fique dentro dos conformes e tudo ocorra bem, é preciso estar atento a alguns itens importantes. Além de fazer uma revisão completa no carro antes e depois da viagem, é importante observar alguns detalhes que podem deixar o seu carro mais fragilizado e, assim, evitar futuros estresses causados por descuidos.

A maresia presente no litoral, a areia da praia, o sol e o calor são ótimos para quem quer curtir as férias, entretanto o carro pode sofrer um alto nível de desgaste com esta combinação, mas isto obviamente não é motivo para não querer mais viajar de carro, basta tomar alguns cuidados para evitar danos no automóvel. Apesar dos carros virem de fábrica com uma proteção antiferrugem na carroceria e nas chapas, abaixo da tinta de acabamento, veículos que ficam excessivamente expostos à maresia – aquela névoa fina, úmida e salgada vinda do mar – podem sofrer corrosão e criar ferrugem em algumas partes, como na lateral.

Confira algumas dicas para conservar seu carro e curtir as férias com maior tranquilidade

– É recomendável encerar o automóvel a cada trimestre, sempre na sombra, a fim de evitar que a sua estética seja ameaçada por causa do sol;

– Durante as férias no litoral, evite guardar seu automóvel em locais abertos durante a noite, pois é o momento mais crítico de maresia;

– O óleo de mamona é uma prática solução, porém com pouca duração, para proteger a parte inferior do veiculo contra a poeira e o sal do litoral. Sai facilmente com água da chuva, perdendo o seu efeito, mas quando voltar a cidade, é indicado retirar completamente o óleo para não reter sujeira.

– Antes da viagem, além da manutenção na parte estética e mecânica do automóvel, é importante checar se o ar condicionado do carro (seus filtros e a carga de gás) está funcionando corretamente, para que o carro fique agradável aos passageiros após um dia inteiro na praia. Caso você deixe seu veiculo no sol durante o dia todo, o indicando é que antes de ligar o ar condicionado, você abra a porta e janelas do veiculo, para que o ar quente saia da parte interna;

– Uma lavagem completa no veículo após uma temporada de praia é essencial, para livrá-lo da areia. Também é importante checar a fiação elétrica (já que a maresia pode oxidar o sistema de injeção e provocar falhas no motor), terminais de bateria, filtros de ar e equipamentos de lubrificação e lavar o motor – é recomendável que essa parte seja feita por um especialista.

Estas dicas são bem importantes, porém o principal cuidado que deve ser tomado é o de realizar manutenções preventivas, que poderão amenizar qualquer acontecimento no veículo, tanto na sua parte estética, quanto na mecânica

Fonte: Ultramotor

 

Confira 5 dicas para evitar os danos da maresia nos carros

Confira 5 dicas para evitar os danos da maresia nos carros

Após o período na praia, verifique se os terminais de bateria, conectores elétricos, filtros de ar e equipamento de lubrificação estão livres de água e areia

Os efeitos nocivos da maresia no seu veículo

Os efeitos nocivos da maresia no seu veículo

Não há nada melhor do que sair de férias e levar a família e os amigos para passear nas praias do litoral brasileiro. Entretanto, é preciso ter alguns cuidados com o veículo antes e depois da viagem: a maresia, a areia e os congestionamentos nas estradas podem causar sérios estragos no carro.

De acordo com Pedro Luiz Scopino, responsável técnico da Auto Mecânica Scopino, um dos malefícios da maresia é a corrosão dos componentes de metal que não estão protegidos. “Bandejas, parafusos da suspensão, peças do sistema de freios e cabos que não estejam cobertos podem ter sua superfície comprometida pela ação do sal. Até mesmo a pintura do veículo sofre uma ação forte da maresia, que a deixa opaca e sem brilho”, explica Scopino.

Eric Zamignan Pabon, gerente administrativo da assistência técnica Auto K, recomenda a manutenção logo após o retorno do litoral. “A infiltração de água, sal e areia pode provocar danos ao veículo. As peças que mais sofrem são as que integram a carroceria. A ferrugem e a corrosão costumam aparecer nos espaços entre as borrachas, nas maçanetas, nos frisos do teto e nas portas, locais onde estas substâncias se depositam com mais frequência”, esclarece.

Outros itens do veículo que merecem atenção são: o sistema elétrico, a caixa de direção e os amortecedores. “Os conectores do sistema de injeção eletrônica e da bateria podem sofrer oxidação, provocando falhas no funcionamento do motor. No caso dos amortecedores, se os resíduos de areia chegarem a romper as coifas, podem comprometer o desempenho da suspensão do veículo”, afirma Pabon.

Para conter os estragos, Pabon e Scopino sugerem algumas medidas:

– Realizar a higienização completa do veículo, incluindo o motor e suas partes internas, é fundamental para mantê-lo em ordem e evitar a sua deterioração;

– Fazer revisão periódica do veículo e o enceramento a cada três meses para aumentar a proteção da lataria. Os processos de polimento e espelhamento também são indicados;

– Realizar check-up com um mecânico de confiança para verificação das peças de proteção como tampões, coifas e borrachas; e

– Lubrificar sistemas de suspensão e transmissão com graxa.

Engarrafamentos

O sal e a areia não são os únicos inimigos dos automóveis. Os congestionamentos nas estradas também podem danificar algumas partes do carro. Antes de viajar, Pabon aconselha checar diversos itens do carro: o sistema de arrefecimento do motor, o nível da água, as mangueiras, a válvula termostática, o sensor de temperatura, o nível de óleo, além do fluido de freio e embreagem.

“Podemos ter problemas de alto consumo de combustível e falhas no sistema de arrefecimento (troca de calor) do motor. Isso pode causar um superaquecimento do veículo ou até a parada do motor. Nestes casos, a manutenção preventiva é a melhor saída”, adverte Scopino. “Também pode ocorrer queima da junta do cabeçote, travamento do motor, falta de embreagem e freio, com a possibilidade de causar acidentes fatais”, completa Pabon.

 

Bradesco Seguros

A vida é um grande espetáculo e para protagoniza-lo com dignidade precisamos nos sentir protegidos. E esta proteção começa individualmente, passando pela nossa própria vida, nossa saúde, nosso futuro, nossa família e nosso patrimônio para que possamos viver intensamente cada ciclo da vida. Por isso, a proteção passa a ser a grande necessidade das pessoas neste século, marcado por acontecimentos imprevisíveis.  E proteger as pessoas e seus patrimônios é justamente a missão da maior seguradora do Brasil: a Bradesco Seguros.

Fundada há 78 anos, e atenta a diversas necessidades, atua nos ramos de Automóveis, Ramos Elementares, Seguro Saúde, Capitalização, Seguros de Vida e Previdência Complementar.

Ao longo de sua história a Bradesco Seguros, vem trilhando uma trajetória marcada por um sólido crescimento e pleno sucesso. Com uma ampla estrutura de proteção em todo o território nacional, oferece a seus quase 42 milhões de clientes uma moderna estrutura de atendimento por meio de suas Centrais de Atendimento Telefônico, Internet, 374 dependências próprias e 42 mil corretores ativos, além de contar com a rede de mais de 4,6 mil agências do Banco Bradesco.

A Bradesco Seguros também foi pioneira em seu segmento na implantação de uma Ouvidoria de Clientes. Um canal de comunicação, com o objetivo de solucionar eventuais problemas de atendimento. Uma estrutura que funciona dentro dos mais rigorosos padrões de qualidade.

Diferenciais que consolidam cada vez mais a marca do Grupo Bradesco de Seguros no mercado brasileiro.

Uma marca construída a partir do resultado de suas quatro seguradoras

error: Content is protected !!