Arquivo de tag ka

Ka e Ka+ serão atrações para locadoras no Salão do Automóvel

Ka e Ka+ serão atrações para locadoras no Salão do Automóvel

ABLA levará empresários do setor de locação ao Salão do Automóvel para avaliação dos novos Ka e Ka+, da Ford

A Ford tem 7,42% de participação dentro da frota de 530 mil veículos do setor de locação no Brasil, conforme Censo da ABLA – AssociaçãoBrasileira das Locadoras de Automóveis. A montadora vai mostrar os novos Ka e Ka+ no Salão Internacional do Automóvel e, em função disso, o estande deverá receber visitação maciça de empresários e empresárias desse setor.
Conforme Paulo Nemer, presidente do Conselho Nacional da ABLA, os modelos compactos representam 18% do total de veículos que fazem parte da frota das locadoras. “Em números absolutos, são aproximadamente 95 mil compactos disponíveis para locação no País, o que justifica a presença do setor no estande da Ford em função dos novos Ka”, avalia.
A recém-lançada linha Novo Ka será vista completa na exposição. Apresentada inicialmente nas versões 1.0 hatch e 1.5 sedã, ganha novas opções oferecendo o modelo Novo Ka 1.5 e o Novo Ka+ 1.0. O estande, de 2.750 metros quadrados, também será marcado por vários recursos tecnológicos. E um deles dará exatamente a oportunidade de dirigir um Novo Ka de forma interativa, para também conhecer os seus equipamentos de segurança.
Para estimular a visitação ao Salão do Automóvel, a associação das locadoras disponibilizará gratuitamente um convite para cada empresa de locação associada (a ABLA representa 2.596 empresas de locação de veículos que atuam no País). E, em parceria com Reed Exhibitions, organizadora do Salão, também montará o inédito Espaço ABLA dentro do evento.
O 28º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo será realizado no
Pavilhão do Anhembi e o Espaço ABLA ficará na Rua B, ao lado do estande da Rádio Jovem Pan e em frente à praça de alimentação. Para 2015, a ABLA realizará o “XII Fórum ABLA” somente com palestras, em local ainda a ser definido pela associação das locadoras.
Serviço
28º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo – Espaço ABLA
Data: De 30 de outubro a 09 de novembro de 2014
Local: Pavilhão de Exposições do Anhembi
Endereço: Avenida Olavo Fontoura, 1.209, São Paulo/SP
Horários: Dia 30/10 das 14h às 22h com entrada permitida até às 21h; de 31/10 até 08/11 das 13h às 22h com entrada permitida até às 21h; dia 09/11 das 11h às 19h com entrada permitida até às 17h
Fonte: Segs

Com motor 1.5, Ka vira torpedinho de bolso

Com motor 1.5, Ka vira torpedinho de bolso

Com preço a partir de R$ 40.390, nova versão tem até 110 cv e vem muito bem equipada

Tiago Queiroz/Estadão

A Ford acertou a mão com a nova geração do Ka. Além de substituir o modelo anterior por um carro feito para efetivamente conquistar bons volumes de vendas, graças a aspectos como as quatro portas e o visual mais generalista, o carrinho passa a ter opção de motor 1.5. Com até 110 cv de potência e tabela a partir de R$ 40.390, trata-se de um modelo muito bom de guiar.

Os predicados do Ka podem ser comprovados pelo sucesso obtido logo no lançamento. Em setembro, primeiro mês completo no mercado, o modelo somou mais de 7 mil unidades emplacadas. Como comparação, no mesmo mês do ano passado a geração anterior somou apenas 1.241 vendas.

Feito a partir da mesma base do Fiesta, seu “irmão” maior, o Ka tem ótima dirigibilidade e vem muito bem equipado desde a versão SE, de entrada na linha. De série há ar-condicionado, direção, vidros dianteiros e travas elétricos (com controle remoto na chave), sistema de som com rádio e conexão sem fio Bluetooth, entre outros.

Indicador do melhor momento para trocar as marchas, abertura elétrica do porta-malas e volante com regulagem de altura também chamam a atenção. Por outro lado, faz falta o ajuste elétrico para os retrovisores externos, que serão vendidos como acessórios nas autorizadas.

É de estranhar que um item tão prosaico não seja nem opcional, considerando-se que o carro tem soluções inéditas (e sofisticadas) na categoria. É o caso da distribuição eletrônica de frenagem do ABS e do acionamento das luzes de alerta em frenagens de emergência. Há ainda controles de frenagem em curvas, estabilidade e tração, além de auxílio de partida em rampas. O dispositivo evita que o carro volte em saídas de semáforos, por exemplo.

Mas o que mais agrada no carrinho é o motor. Com 1,5 litro e 16 válvulas, com duplo comando no cabeçote, inclui sistema de partida a frio sem tanquinho auxiliar de gasolina. Segundo dados da Ford, o carro pode rodar, em média (cidade/estrada) 8,7 km com um litro de etanol. Os números divulgados pela fabricante são 7.9 km/l (etanol) e 11.5 km/l (gasolina) na cidade e 9.5 km/l (etanol) e 13.6 km/l (gasolina) na estrada.

Ainda de acordo com informações da montadora, o quatro-cilindros foi projetado para durar, no mínimo, 240 mil km sem necessidade de manutenção além da preconizada no manual do proprietário.

Em conjunto com o câmbio manual de cinco marchas muito bem escalonadas, o Ka é vigoroso nas acelerações e retomadas de velocidade. Mesmo com cinco pessoas a bordo e o ar-condicionado ligado.

O espaço, aliás, é melhor para quatro, mas adultos com até 1,8 metro viajando atrás não rasparão a cabeça no teto. Nas frenagens, o Ka também vai bem. A versão SE Plus, tabelada a R$ 42.390, inclui, entre outros itens, som com ajustes no volante, toca-CDs e MP3. A SEL, a R$ 44.990, adiciona rodas de liga leve de 15” e faróis de neblina.

Versão apimentada. Não é a primeira vez que o Ka tem uma versão mais nervosa. Em 2006, o modelo já trazia motor 1.6 e, antes de a geração anterior sair de linha, a Ford ofereceu uma opção Sport com propulsor flexível de 1,6 litro e até 108 cv. Com menos de 970 kg e apenas duas portas, o carrinho podia acelerar de 0 a 100 km/h em pouco mais de 11 segundos e chegar a 181 km/h, de acordo com informações da fabricante. A direção tinha assistência hidráulica e o sistema de freio trazia discos ventilados na dianteira.

Mercado. Com o lançamento do Ka 1.5 e do Ka+ 1.0, que chega no fim do mês, a Ford vai reposicionar o Fiesta Sedan ainda mais para cima e focará a oferta nas versões bem recheadas e com câmbio automatizado.

Da estratégia para reduzir o risco de canibalização (quando um carro “rouba” vendas de outro da mesma marca) faz parte a chegada do sedã Ka+ com motor 1.0, prevista para novembro, juntamente com o Ka 1.5.

Por ora, a diferença de preço entre a configuração de topo, SEL, do três-volumes de entrada e a de entrada do Fiesta Sedan é de apenas R$ 5.500. O objetivo da Ford é que o Ka+ seja percebido pelo consumidor como um produto de categoria inferior à do Fiesta.

A linha Ka é produzida em Camaçari (BA). O sedã compacto, por sua vez, continuará sendo importado do México, enquanto o hatch é feito em São Bernardo do Campo (SP).

fonte: Jonal do Carro

error: Content is protected !!